Início Análises Vero, a rede-social do futuro? ou com futuro?

Vero, a rede-social do futuro? ou com futuro?

232
0

Vero aparece em 2015 e este ano começou a dar nas vista… porquê? Não apresentar anúncios nem possuir um algoritmo! Sim, é essa uma das mensagens principais desta rede-social.

 

 

 

 

Mas então, como se conseguirá ter retorno financeiro?

Até agora a rede permite criar contas gratuitamente porém segundo o site oficial da mesma todos os seus utilizadores serão convidados a pagar um valor anual para participar nesta rede social.

A outra forma encontada foi permitir a empresas comercializar produtos online sendo haverá uma taxa percentual sobre os produtos para a Vero.

Então o que diferencia a Vero

Funcionar apenas em aplicação marca pela diferença no mercado sendo que o site é apenas meramente informativo.

Tal como já referi sem a existencia de Algoritmos de feed, todo o seu conteudo será cronológico portanto preparem-se para um infimo scroll.

 

Aplicação

Decidimos testar a app… e posso dizer temos um mix-feelings.

Todo o seu UI está esteticamente apelativo, porém, a quantidade de bugs é grande. Tivemos problemas em fazer o log-in pela segunda vez, alterar a fotografia de perfil demorou algum tempo (cerca de 3 horas) e a app é um bocado mais lenta.

Atenção: testada apenas em Android sendo que não sabemos como estará em Apple.

Devido ao número expressivo de downloads nas últimas semanas, a aplicação passou por alguns problemas — pessoas não conseguiram criar a conta ou tiveram dificuldade de acesso.

Os conteúdos são organizados em “collections”, separados por categorias, o que facilita que encontrem as coisas com que já interagiram e gostaram.

O uso de hashtags é feito também para classificar conteúdos, mas também na página inicial para que os usuários possam acompanhar tendências.

 

Existem níveis de relacionamento — Close Friends, Friends, Acquaintances e Followers — e assim determinam na timeline de quem os seus conteúdos podem aparecer.

Todos os conteúdos podem ser compartilhados em outras redes como o Twitter e o Facebook.

 

Gostamos do conceito e da ideia, vamos ver como será o seu futuro!

responder

escreva o seu comentário!
insira o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.